DESCUBRA como EMAGRECER tirando de sua dieta


um dos maiores vilões para a sua saúde: o GLÚTEN!


Conheça os segredos de uma dieta LIVRE DE GLÚTEN.


Aumente sua concentração e tenha mais energia e


disposição no seu dia a dia!

Este guia irá ajudá-lo a entender melhor sobre o mal do século e porque é tão importante mudar seus hábitos alimentares agora!

Porque adotar um ESTILO DE VIDA LIVRE DE GLÚTEN ?

Pesquisas alarmantes mostram que mais de 1% da população mundial entre crianças e adultos, são afetadas pela intolerância ao glúten ou sofrem de doença celíaca, ou seja, uma reação imune à ingestão de glúten, proteína encontrada no trigo, cevada e centeio, afetando, particularmente, o intestino delgado, impedindo a absorção de nutrientes essenciais para sua saúde.
O GLÚTEN pode causar diarreia, fadiga, inchaço abdominal, náuseas, dores de cabeça, desorientação, desequilíbrio, anemia, depressão, dores nas articulações, dores musculares  e outras complicações graves.

Estatísticas demonstram que as MULHERES são as mais afetadas pela intolerância ao glúten.

No entanto, esta condição pode ser gerenciada através de restrição alimentar, que é uma dieta LIVRE DE GLÚTEN, a chave de ouro que será revelada neste guia.

Aumente o seu nível de energia

Aprenda a reduzir os efeitos do glúten em seu corpo escolhendo os alimentos certos, diminua os danos ao seu intestino, como diarreia,  dores abdominais e o inchaço. Estando em uma dieta correta você evita doenças futuras.

 

Socializando

Dicas de como comer fora, socializar ou viajar mesmo estando em uma dieta livre de glúten. Aproveite a vida ao máximo, mesmo se for diagnosticado com doença celíaca.

Emagrecendo com saúde

Eliminando o glúten de sua dieta e fazendo as substituições corretas você irá nutrir o seu corpo e emagrecer, alcançando o peso ideal, terá mais energia e disposição para encarar o dia a dia.

 

Plano de Compras

Onde encontrar e como comprar alternativas deliciosas e saborosas da sua comida favorita, mantendo uma dieta saudável e LIVRE DE GLÚTEN!

Crescimento Saudável

Uma dieta livre de glúten proporciona um crescimento saudável, melhora a concentração e aprendizado, auxilia contra distúrbios digestivos e podem melhorar os sintomas do autismo e transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) em crianças.

Tenha um sistema digestivo mais saudável

A sua dieta faz toda a diferença para o seu intestino e o seu bem estar, então evite problemas de saúde com métodos naturais escolhendo corretamente as opções de alimentos mais saudáveis.

Alimentos que devem ser evitados

Saiba quais são os alimentos que contém alto nível de glúten e que você deve evitar. Descubra, também, os produtos de higiene pessoal que você precisa prestar atenção!

 

Dicas para fazer nas suas novas receitas

Descubra quais são as farinhas sem glúten que você pode usar como substitutas da farinha de trigo convertendo suas receitas favoritas em maravilhosos alimentos nutritivos e sem glúten.

Estudos revelam dados impactantes sobre alergias alimentares !

 

Reportagem da Super Interessante

Segundo um estudo do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a incidência de alergias alimentares no mundo cresceu nada menos que 50% entre 1997 e 2013. Entre as crianças, a situação é ainda pior – na China os casos mais que dobraram, na Europa subiram 700% e, no Brasil, 2 milhões têm algum tipo de alergia à comida. As alergias sempre estiveram ligadas a uma predisposição genética. Mas como explicar a explosão de casos nos últimos anos? Nosso DNA não mudou muito nesse período mas, a comida que comemos, sim. Segundo o Centro Internacional de Pesquisas para o Desenvolvimento (IDRC), com sede no Canadá, metade de todas as calorias consumidas no planeta vem de apenas três alimentos: arroz, milho e trigo. O trigo é o mais cultivado deles e está em muitas comidas que as pessoas consideram especialmente gostosas como: pães, cereais matinais, pizzas, massas, cervejas. Ele está presente até onde nem o esperamos, como na massa de tomate e na batata frita congelada. Resultado: nunca comemos tanto trigo quanto hoje.

Mas ele virou o novo vilão da alimentação. Tudo por causa de uma proteína que traz dentro de si: o glúten. Ela também está presente em outros alimentos, como a cevada e o centeio, mas a consumimos principalmente por meio do trigo. Desde a década de 1950, o número de pessoas com alergia a glúten quadruplicou no mundo. E o número de adeptos do movimento gluten-free não para de crescer. Só nos EUA, 28,5% das pessoas dizem que querem reduzir ou eliminar essa substância da dieta.

Matéria do Globo Repórter!

Doença celíaca: quase 2 milhões de brasileiros não podem comer glúten.

Qual a relação entre o glúten e hiperatividade?

Com o tempo, as paredes do intestino vão inflamando, atrofiando e perdem a capacidade de absorver nutrientes dos alimentos e até os remédios podem deixar de fazer efeito.

Ao todo, 75% dos pacientes são mulheres.

“Diziam que era depressão, sistema nervoso”, revela a administradora aposentada Evangeline Montardit. “Fiquei uns oito meses com muita diarreia. A minha tireoide descompensou. Eu fui em dez médicos em um mês”, diz a nutricionista Maria Fernanda Ligocki.

“Os pacientes ficam fazendo o que eu chamo de tour, eles começam a ir em todo tipo de médico e cada um dá um palpite, dá um diagnóstico diferente. E, na realidade, se eles fizessem o exame e diagnóstico de doença celíaca, resolveriam tudo o que precisa ser resolvido”, declara a médica Lorete Kotze.

Foi exatamente o que aconteceu com todos da Associação dos Celíacos do Paraná. Matheus Correia, de 12 anos, o caçula do grupo, chegou a ser diagnosticado como hiperativo. “Teve casos em que eu chegava a desmaiar de fraqueza, cansaço”, relata.

Foi só cortar o glúten da alimentação e tudo mudou. “Em seis meses, as pessoas me perguntavam se eu tinha feito alguma lavagem cerebral no Matheus, porque ele mudou totalmente. Agora ele é uma criança calma. A aprendizagem dele, que antes era de muita dificuldade, mudou totalmente”, conta Marisli Correia, a mãe do menino.

Veja a transformação que uma dieta LIVRE DE GLÚTEN trouxe para a vida dessas pessoas!


 

O glúten não faz mais parte da minha vida há 3 anos. Administro meu dia-a-dia muito bem!

Passei muito tempo lamentando a vida que eu tinha

24 de dezembro de 2014 foi o primeiro dia do resto da minha vida. Nesta véspera de Natal, tudo estava pronto, tudo foi planejado, os convidados, a refeição, a árvore, tudo exceto este telefonema do meu médico. "Senhorita, os resultados da biópsia chegaram, você tem doença celíaca, você tem que começar a dieta rigorosa sem glúten".

É oficial, Papai Noel veio com antecedência para me oferecer um diagnóstico depois de mais de quatro anos de insistentes consultas e, aos 23 anos, começou minha nova vida de celíaca.

Alívio após uma longa peregrinação médica.

Alívio, porque minhas dores não estavam na minha cabeça como muitos afirmaram, mas eram reais. Como eu sei? Porque desde o começo da dieta sofro menos com essas dores insuportáveis ​​no estômago, meus intestinos estão se contorcendo com menos frequência, minhas enxaquecas estão menos presentes. Adeus aftas na boca, diarreia, constipação, períodos de depressão. ME SINTO MUITO MELHOR!  Nicole Yasam

"Passei mal no meio da Disney World."

Quando eu era mais jovem eu estava sempre na tabela mais baixa de peso e altura para minha faixa etária, mas tinha um apetite enorme. Eu, frequentemente, reclamava de dor de barriga depois de comer, mas não tinha sintomas identificáveis ​​até o ensino médio quando numa viajem com minha turma de teatro para se apresentar na Disney comecei a passar mal, pois a comida do parque temático é, basicamente, 100% com glúten - desde frango empanado, pizza e até macarrão. Quando voltei para casa da viagem, dormi por cerca de 20 horas seguidas, quando acordei minha mãe me levou direto para consultar um médico e depois de vários exames me disseram que eu tinha doença celíaca. Eu nunca tinha ouvido falar dessa doença, era tudo novo para mim.

"Hoje se eu comer glúten, depois de ter iniciado a dieta sem glúten, eu experimento os efeitos colaterais por semanas ou até meses. Meu corpo reage a ele como um veneno, tenho sintomas violentos, as vilosidades do meu intestino não são capazes de absorver nutrientes adequadamente enquanto o glúten está no meu sistema, meu cérebro fica confuso e minhas emoções ficam malucas, eu fico enjoada, tonta, exausta, e começo a sentir como se tivesse uma pedra no meu estômago. Hoje fico atenta a todos os alimentos que consumo, desde então me sinto muito melhor, tenho energia e alegria em viver" - Rebeca C. Santos

Eu me acostumei ao som de ruídos altos e rosnados vindo da minha barriga.

"Desde o ensino médio, eu sempre tive um desconforto geral quando a comida chegava ao meu estômago - cãibras, tensão, dor abdominal - mas isso se tornou mais grave no verão passado. Minha esposa insistiu que eu consultasse um gastroenterologista, que me diagnosticou com doença celíaca. Eu não acreditei nele e pensei que as pessoas que diziam que não podiam comer glúten estavam, simplesmente, inventando. Ele me garantiu que minha condição era muito séria e que eu poderia estar olhando para complicações de saúde a longo prazo se eu não começasse uma dieta sem glúten imediatamente. Desde então, eu me senti incrível. Eu não tinha ideia de que era possível me sentir como uma pessoa normal, sem dor. Eu não tenho mais desconforto e cólicas no estômago e minha energia e níveis de estresse melhoraram.  "Paul Maskov

PREPARE-SE PARA TRANSFORMAR SUA VIDA!

Energia e Disposição!

Faça as substituições certas!

Adquira já o seu guia completo!


O que você vai receber se adquirir o guia


ESTILO DE VIDA LIVRE DE GLÚTEN!


 


  • 1

    O que fazer se você for diagnosticado com a doença celíaca ou intolerância ao glúten?

    * Como se controlar emocionalmente se você for diagnosticado com doença celíaca.
    * 10 maneiras como o glúten está dificultando sua vida e como lidar com isso.

  • 2

    Como comprar alternativas deliciosas e saborosas LIVRE DE GLÚTEN!

    * 12 alimentos que devem ser evitados, pois contém altos níveis de glúten.
    * 14 farinhas sem glúten que você poderá usar como substitutas à farinha de trigo.
    * 7 produtos de higiene pessoal que você precisa prestar atenção, pois elas contém glúten secretamente.
    * 20 alimentos que você sempre deve ter em sua despensa para seguir sua dieta LIVRE DE GLÚTEN.

  • 3

    Dicas para seguir sua vida com saúde e bem estar

    * Como comer fora e socializar.
    * Adaptando sua dieta sem glúten.
    * Dicas para sair em um encontro se manter sem glúten e não arruinar sua noite.
    * Dicas para fazer boas substituições nas suas receitas e converter seus alimentos favoritos em versões livre de glúten.
    * A relação entre glúten, autismo e ADHD (Déficit de atenção e hiperatividade).

Encontre prazer em sua vida!

Além do e-book ESTILO DE VIDA LIVRE DE GLÚTEN, preparamos mais 4 bônus exclusivos para você!

1 - RECEITAS LIVRE DE GLÚTEN

Adquirindo hoje o seu guia enviaremos para você um e-book com receitas LIVRE DE GLÚTEN fáceis e praticas para você preparar no conforto da sua casa.

2 - LISTA DE ALIMENTOS LIVRE DE GLÚTEN

Lista de alimentos LIVRE DE GLÚTEN para carregar com você sempre que precisar.

3 - LISTA DE VERIFICAÇÃO

Lista de Verificação do guia que contém um plano de ação passo a passo para você ter certeza de obter todos os benefícios do ESTILO DE VIDA LIVRE DE GLÚTEN!

4 - MAPA MENTAL DO GUIA ESTILO DE VIDA LIVRE DE GLÚTEN

Este Mapa Mental é perfeito para pessoas com maior capacidade visual para absorver informações. Nele você terá uma imagem clara do que irá descobrir no guia Estilo de Vida Livre de Glúten.

E tem mais!!!
Ou você se livra das Dores Abdominais ou nós devolvemos seu dinheiro!

Isso mesmo que você leu!

Tudo o que você precisa fazer daqui em diante é aplicar o que você aprendeu no guia ESTILO DE VIDA LIVRE DE GLÚTEN pelos próximos 15 dias.

E se você não perceber qualquer melhoria na sua vida, basta enviar um e-mail para nosso suporte, no prazo de 15 dias, e nós devolveremos seu dinheiro sem fazer perguntas!

Clique aqui Para Adquirir a sua copia do Livro Digital ESTILO DE VIDA LIVRE DE GLÚTEN!

Perguntas mais frequentes!

  • q-iconO que é glúten!

    Ele é uma proteína presente, naturalmente, em muitos cereais como o trigo, o centeio e a cevada. O glúten confere elasticidade na receita de diversos alimentos, caso típico do pão: ao sovar a massa, o padeiro cria as redes de glúten, estruturas capazes de aprisionar o gás carbônico expelido pelas leveduras do fermento.

  • q-iconO glúten pode estar por trás da obesidade?

    Cortar o glúten da dieta emagrece, pois o indivíduo vai diminuir uma das principais fontes de carboidratos de sua dieta, como pão, bolo, doces…que contem trigo. Uma ingestão menor de calorias vai resultar em decréscimos na balança, ou seja, diminuir calorias faz diminuir quilos na balança.

  • q-iconO glúten mudou nas últimas décadas?

    Uma das explicações usadas para banir o glúten da dieta diz que a proteína sofreu algumas modificações maléficas a partir da década de 1960. O pai da teoria é o cardiologista americano William Davis, autor do livro “Barriga de Trigo”, que já vendeu mais de 1,8 milhão de exemplares e figura há algum tempo na lista de mais vendidos do jornal The New York Times.

    De acordo com a versão, os cruzamentos de espécies de trigo realizados pelo agrônomo Norman Borlaug (1914 – 2009) causou drásticas — e prejudiciais — alterações na estrutura do glúten.

  • q-iconO glúten pode causar algum problema de saúde?

    Mais de 1% da população mundial possui a doença celíaca ou intolerância ao glúten. Nela, o glúten não é bem aceito pelo intestino. Quando ele chega ao órgão desses pacientes (e só neles), desencadeia uma reação do sistema imunológico, que destaca células de defesa para atacar a região. Nessa briga, acaba sobrando para as vilosidades intestinais, estruturas que são responsáveis por absorver os nutrientes da comida. Com as vilosidades inflamadas, claro que ela não é aproveitada da forma como deveria, bagunçando completamente o trânsito intestinal, para não dizer o estado nutricional daquele indivíduo. “Os sintomas mais comuns são: diarreia, dor, distensão abdominal e inchaço”.

QUERO MUDAR MINHA VIDA HOJE